REPowerEU é o plano da Comissão Europeia para reduzir dependência energética da Rússia

A Europa tem percebido da pior forma o impacto que a sua dependência energética relativamente à Rússia tem no fornecimento dos países. Por isso, a Comissão Europeia criou um novo plano, o REPowerEU.

O objetivo é que a União Europeia se torne independente do fornecimento da Rússia “muito antes de 2030”.

Hoje, a Comissão Europeia revelou propostas para acelerar os projetos de energias renováveis. Se antes parecia que os objetivos eram criados de forma leviana e para servir de instrumento publicitário – por forma a corresponder à vontade das pessoas -, agora, parecem ser metas específicas e para efetivamente cumprir.

Temos de nos tornar independentes do petróleo, carvão e gás russos. Quanto mais depressa mudarmos para energias renováveis e hidrogénio, combinado com uma maior eficiência energética, mais depressa seremos verdadeiramente independentes e dominaremos o nosso sistema energético.

Afirmou a Presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen.

Presidente da Comissão Europeia Ursula von der Leyen

O grande objetivo passa por reduzir a dependência da Europa do gás russo em dois terços, até ao final deste ano. Além disso, a Comissão Europeia anunciou um investimento para quadruplicar o atual horizonte temporal fixado em 2030 em setores como o fornecimento de hidrogénio verde.

De acordo com a entidade, com o REPowerEU, os 27 países tornar-se-ão independentes dos fornecimentos da Rússia “muito antes de 2030”. Apesar de este ter sido um prazo estabelecido, anteriormente, de forma confortável, pela sua distância, as necessidades mudaram nas últimas semanas e, por isso, a Europa decidiu agir.

É tempo de abordar as nossas vulnerabilidades e de nos tornarmos rapidamente mais independentes nas nossas escolhas energéticas. Vamos avançar para as energias renováveis à velocidade da luz. As energias renováveis são uma fonte de energia barata, limpa e potencialmente infinita e, em vez de financiarem a indústria dos combustíveis fósseis noutros locais, criam empregos aqui. Vai ser duro, muito duro. Mas é possível.

Disse Frans Timmermans, Vice-Presidente da Comissão para o Acordo Verde Europeu.

Frans Timmermans, Vice-Presidente da Comissão para o Acordo Verde Europeu

Conforme comparou a Comissão Europeia, o REPowerEU, que será agora discutido pelos líderes da União Europeia, poderia substituir o equivalente a 155 mil milhões de metros cúbicos de gás russo importado pela Europa.

Para aprovação estão ainda opções de hidrogénio produzidas sem emissões diretas, como aquele proveniente de energia nuclear. Além disso, a Comissão Europeia pretende acelerar as reformas do mercado, por forma a promover o desenvolvimento de infraestruturas e iniciativas associadas ao hidrogénio.

Por fim, a Comissão Europeia pretende, com o REPowerEU, acelerar procedimentos burocráticos, de modo a obter licenças para novos projetos de forma mais rápida e simplificada.

https://pplware.sapo.pt/planeta/repowereu-e-o-plano-da-comissao-europeia-para-reduzir-a-dependencia-energetica-face-a-russia/

Deixe um comentário