Quanto custa em média carregar um carro elétrico em Portugal?

A pandemia por COVID-19 veio prejudicar bastante as vendas do segmento automóvel. No entanto, no segmento dos elétricos, houve até um ligeiro crescimento. As tendências e as próprias ofertas têm ajudado ao crescimento.

Mas afinal quanto custa em média carregar um carro elétrico na Europa? E em Portugal?

Em 2020, os carros elétricos representavam 10,5% do total de matrículas na Europa, um aumento significativo em relação a 2019, quando representavam apenas 3%. O caminho do segmento automóvel parece ser mesmo elétrico e nos últimos tempos têm sido criadas várias infraestruturas para dar suporte a esta “nova era”.

Quanto custa carregar um carro elétrico em Portugal?

O site electromaps disponibilizou recentemente uma tabela com o preço médio de carregamento de um carro elétrico. logicamente que tal resposta depende da capacidade da bateria. Para o estudo realizado, foi usado um carro elétrico com uma bateria de 60 kWh.(290-380 km de autonomia)

Com esta capacidade (aproximada) temos, por exemplo, um VW ID.3 de 58 kWh ou o Hyundai KAUAI e Kia e-Niro com 64 kWh bateria.

Como se pode ver pela imagem seguinte, o preço médio para carregar na totalidade um veículo elétrico com uma bateria de 60 kWh custa cerca de 13,25 euros. Portugal não é dos países mais caros, pois à frente tem países como a Alemanha (19,02€), Dinamarca (17,71), Espanha (13,99 euros), etc. Mas também há países mais baratos, dentro da mesma “faixa” como França (11,87€), Suécia (11,41 €) e Holanda (8,92€).

Os mais baratos são mesmo a Ucrânia (2,91€), a Sérvia (4,61 €), a Macedónia (4,89 €) entre outros.

Tendo em conta a comparação de 38 países, Portugal aparece quase no final da tabela, como sendo um dos mais caros para se carregar um veículo elétrico.

Esta diferença de preços dos 38 países que compõem a lista deve-se a diversos motivos, como a situação política, a situação energética, a origem da energia, o custo da energia, as condições meteorológicas, os impostos, os salários. Ou mesmo a capacidade de recarregar em casa ou no trabalho, entre outros fatores.

Fonte: https://pplware.sapo.pt/motores/afinal-quanto-custa-em-media-carregar-um-carro-eletrico-em-portugal/

Venda de carros electrificados ultrapassa os diesel na Europa

Segundo a consultora JATO Dynamics, em setembro, o número de matrículas para carros eletrificados foi superior às dos veículos com motor diesel. Além disso, de acordo com a análise de mercado, a procura de carros a gasolina e diesel registou uma quebra de dois dígitos em setembro de 2020, face ao período homólogo de 2019.

As matrículas de carros a gasolina representaram 47% do volume total do mercado europeu, ou seja, uma quebra de 12% face a 2019. Relativamente aos automóveis com motor a diesel, a quebra foi de 4%. O número de matrículas para carros eletrificados disparou (de 11% para mais de 25%).

É verdade que por margens pequenas, mas o número de matrículas para veículos eletrificados ultrapassou efetivamente o número de matrículas para carros com motor a diesel. No total foram matriculados 327 800 unidades de carros eletrificados em setembro (um crescimento de 139%).

https://www.jato.com/in-september-2020-for-the-first-time-in-european-history-registrations-for-electrified-vehicles-overtook-diesel/