fbpx

Programa de Apoio a Edifícios Mais Sustentáveis

O Governo lançou agora um novo programa de incentivos cujo objetivo passa por reabilitar e tornar os edifícios energeticamente mais eficientes e, para isso, as obras podem ser comparticipadas até 70%, .

São elegíveis então pessoas singulares proprietárias de edifícios de habitação existentes e ocupados, unifamiliares, de frações autónomas em edifícios multifamiliares ou de edifícios multifamiliares. Neste caso, construídos até ao final do ano de 2006.

A dotação deste Incentivo é de 1.750.000 € (um milhão setecentos e cinquenta mil euros) em 2020 e de 2.750.000 € (dois milhões setecentos e cinquenta mil euros) em 2021.

O prazo para apresentação das candidaturas ao Incentivo decorre desde o dia 7 de setembro de 2020 até às 23.59 h do dia 31 de dezembro de 2021 ou até esgotar a dotação prevista. As candidaturas são apresentadas ao Fundo Ambiental através do preenchimento do formulário disponível no sítio do Fundo Ambiental (https://www.fundoambiental.pt) dedicado à presente Iniciativa. A submissão do formulário preenchido deve ser acompanhada de todos os documentos solicitados.

O Programa de incentivos abrange todo o território de Portugal Continental.

https://www.fundoambiental.pt/avisos-2020/mitigacao-das-alteracoes-climaticas/programa-de-apoio-a-edificios-mais-sustentaveis.aspx

Tecnologias de energia 2030

O Fórum Económico Mundial reuniu especialistas de várias organizações, incluindo IEA, IRENA, BNEF e IHS Markit, fabricantes e outros líderes em energia para acordarem um rumo até 2030 para a energia eólica e a solar fotovoltaica . O grupo, analisou o desempenho passado, novos desenvolvimentos e outros fatores para chegar a uma previsão da provável evolução até 2030 da produção de energias acima citadas. Os especialistas prevêem ainda que as reduções de custos e as melhorias de desempenho continuarão nos próximos anos e que os custos da energia solar fotovoltaica diminuirão 50%, enquanto os custos da energia eólica onshore e offshore cairão 25 e 50%, respectivamente, impulsionados por melhorias tecnológicas e economias de escala.

https://energycentral.com/system/files/ece/nodes/435504/wef_future_of_electricity_wind_and_solar.pdf

Clique na imagem para aceder á publicação

screen tagSuporte